Considerando as Cartas Apostólicas em forma de Motu Próprio do Papa Francisco, Madre Amorevole (2016) e Vos estis lux Mundi (2019), que estabelecem ações de responsabilidade e instituem normas claras quanto às assinalações relativas a casos de delito contra o Sexto Mandamento do Decálogo cometido por um Membro da Igreja, e cientes da advertência do Apóstolo São Paulo: evitamos dar qualquer motivo de escândalo, para que o nosso ministério não seja criticado (2 Cor 6,3). O Conselho da Região Mãe da Misericórdia durante a sua reunião no dia 13 de novembro de 2023 instituiu a “Comissão de Proteção da Criança e do Adolescente da Região Mãe da Misericórdia”, com o propósito de zelar pela proteção e bem-estar da criança e do adolescente, em consonância com as diretrizes da Igreja Católica e da Sociedade do Apostolado Católico – SAC. A Comissão será composta por membros região residentes em cada uma das comunidades locais que compõe a região Mãe da Misericórdia, sendo assim nomeados para integrar esta Comissão:

Padre Jurandir Nascimento SAC (Rio de Janeiro)

Padre Renato Dobek SAC (Itaperuna)

Padre Josiel Azevedo SAC (Niterói)

Padre Rafael Moura SAC (Manaus)

Padre José Antônio Zavorski SAC (Portugal)

O Padre Jurandir Nascimento SAC, na qualidade de Primeiro Consultor Regional, foi nomeado o presidente da Comissão, sendo responsável por coordenar as atividades e representar a Comissão perante as autoridades eclesiásticas e civis.