II Formação Nacional da União do Apostolado Católico

No dia 22 de Junho de 2020 foi realizada mais uma Formação Nacional virtual, de acordo com a nova proposta apresentada pelo Conselho Nacional da UAC no Brasil, através do canal Os Palotinos, do YouTube.

Desta vez houve a participação do Padre Francisco José Marques Filho SAC, da Região Mãe da Misericórdia, do Rio de Janeiro, que através do tema “Nos tempos de Pallotti: A Epidemia da Cólera em 1827”, nos apresentou primeiramente um contexto histórico da época da Epidemia de Cólera, no século XIX e, com isso, nos mostrou quais foram as atitudes de Pallotti diante de tal epidemia, que assim manifestou três virtudes teologais, sendo, como demonstrou por suas ações, um homem de fé, um homem de esperança e um homem de caridade, ao chamar o povo à oração, ao levar esperança aos desesperados e ao se ocupar na assistência aos necessitados.

Recordou também, que foi após tal epidemia, em vista do grande número de crianças e adolescentes órfãos, principalmente meninas, que nasceu de sua inspiração a Pia Casa de Caridade, que viria a dar origem à Congregação do Apostolado Católico, as Irmãs Palotinas.

Pe. Francisco também nos mostrou que Pallotti sofreu a perda de muitas pessoas importantes neste ano de epidemia como seu pai, seu padrinho de Crisma, seu padre confessor e vários amigos, mas, mesmo com a sensação de haver perdido o chão de baixo dos pés, sua fé na eternidade era o que o fortalecia.

Com a partilha e reflexão de como podemos, pelo nosso carisma, reavivar a fé e reacender a caridade, como também pela cooperação, durante a pandemia do Covid-19, descobrimos que precisamos reconhecer a nossa pequenez e sem isso não iremos a lugar nenhum sozinhos. Também devemos nos unir com um único fim, o de salvar vidas e através da criatividade que nos questiona e nos leva a pensar o que nossa própria experiência de fé poderá produzir em nós neste tempo de Pandemia.

Que pela Intercessão de São Vicente Pallotti, possamos nos unir e viver este tempo de isolamento reavivando a nossa fé como de nossas famílias e aprender com seu exemplo a não perder a fé, mesmo que os tempos e tribulações pareçam difíceis. Que assim como Pallotti a fé na eternidade possa nos fortalecer.

São Vicente Pallotti, rogai por nós.

Renata Franco. UAC-RJ